Entrevista: Adolfo Felipe Almarza Riquelme

janeiro 14, 2013 em Artigos, Informações gerais por Adilson Martins

Adolfo Almarza durante treinos no downhill urbano em Santos em 2012 | Foto: Adilson Martins

O downhill é um esporte reconhecido entre os atletas como um esporte de superação de si mesmo onde é preciso ir além do bom condicionamento físico e bons equipamentos. Auto controle é a palavra chave para transpor obstáculos que deslocam sua mente para um nível de stress tão alto que pode transformar todo seu treinamento e integridade física literamente em pedaços.

Agora, imagine um desafio a mais para você superar. É isso que o chileno Almarza vem fazendo todos os dias após um acidente que o deixou biamputado:

XR- Por quanto tempo pratica downhill e como isso começou?

Almarza: Eu pratico downhill por sete anos, mas tudo isso começou como uma terapia para meu acidente.

XR- O que o mountain bike representa para você hoje?

Almarza: O mountain bike é tudo para mim, minha vida não seria a mesma sem isto.

XR- Qual seu principal foco como piloto?

Almarza: Eu quero andar por todo mundo e provar que uma pessoa com deficiência física também pode conquistar as trilhas, até mesmo o Red Bull Rampage.

XR- Como você combina sua condição usando próteses e a prática de um esporte considerado tão perigoso?

Almarza: Eu creio que é uma mistura de loucura, adrenalina e medo que me fascina, e estes são os fatores que me dão alegria.

XR- Quais são as barreiras que encontrou enquando se desenvolvia como atleta e quais ainda permanecem?

Almarza: Eu ainda continuo a me desenvolver como atleta e quero viver disso. É difícil no meu país, mas não é impossível. Eu vou tentar até alcançar.

XR- O que tem a dizer para aqueles que possuem um sonho mas têm medo de tentar alcançá-lo?

Almarza: O medo é uma barreira que se você não tentar cruzar nunca irá superar. Esses limites podem ser quebrados.

Title: Interview: Adolfo Felipe Almarza Riquelme

Mountain Bike Downhill is a sport recognized among its practitioners as a sport of self-overcoming, where it demands to go beyond good fitness and the best equipments. Self-control is the keyword to go over obstacles that shift your mind to the highest stress level which is able transform all your training and physical integrity literally into pieces

Now, imagine another challenge for you to overcome. That is what the Chilean Almarza has been doing every day after an accident that left him amputated:

XR- How long you’ve been riding downhill and how did it started?

Almarza: I am racing for seven years, but everything started as a therapy to my accident.

XR- What mountain biking mean to you today?

Almarza: Mountain Biking is everything to me, my life wouldn’t be the same without it.

XR- Whats your main focus as a mountain bike rider?

Almarza: I want to race all over the world to prove that a physically disabled person can conquer the trails, even ride at Red Bull Rampage.

XR- How do you combine your condition using prosthesis and the practice of a sport considered so dangerous?

Almarza: I believe that the mix of craziness, adrenaline and fear fascinate me, and these are the reasons for my happiness.

XR- What are the barriers you encountered when developing yourself as a athlete, and the ones that still remain?

Almarza: I am still growing as an athlete and want to make it my living. It is hard to do that in my country but it is not impossible, I’m going to try until I get it.

XR- What you would recommend for the ones that have a dream to follow but is afraid of chasing it?

Almarza: The fear is a barrier which if you don’t try to cross you’ll never overcome. These boundaries can be broken.