Entrevista: Adolfo Felipe Almarza Riquelme

This article is also available in: English

Adolfo Almarza durante treinos no downhill urbano em Santos em 2012 | Foto: Adilson Martins

O downhill é um esporte reconhecido entre os atletas como um esporte de superação de si mesmo onde é preciso ir além do bom condicionamento físico e bons equipamentos. Auto controle é a palavra chave para transpor obstáculos que deslocam sua mente para um nível de stress tão alto que pode transformar todo seu treinamento e integridade física literalmente em pedaços. Agora, imagine um desafio a mais para você superar. É isso que o chileno Almarza vem fazendo todos os dias após um acidente que o deixou biamputado:

(XR) Por quanto tempo pratica downhill e como isso começou? (AA) Eu pratico downhill por sete anos, mas tudo isso começou como uma terapia para meu acidente. ______ O que o mountain bike representa para você hoje? O mountain bike é tudo para mim, minha vida não seria a mesma sem isto. ______ Qual seu principal foco como piloto? Eu quero andar por todo mundo e provar que uma pessoa com deficiência física também pode conquistar as trilhas, até mesmo o Red Bull Rampage. ______ Como você combina sua condição usando próteses e a prática de um esporte considerado tão perigoso? Eu creio que é uma mistura de loucura, adrenalina e medo que me fascina, e estes são os fatores que me dão alegria. ______ Quais são as barreiras que encontrou enquanto se desenvolvia como atleta e quais ainda permanecem? Eu ainda continuo a me desenvolver como atleta e quero viver disso. É difícil no meu país, mas não é impossível. Eu vou tentar até alcançar. ______ O que tem a dizer para aqueles que possuem um sonho mas têm medo de tentar alcançá-lo? O medo é uma barreira que se você não tentar cruzar nunca irá superar. Esses limites podem ser quebrados.

This article is also available in: English

2 Comentários
  1. Esse cara sem duvidas é um isentivo para eu buscar cada vez mais minha paixão!

Comentários estão encerrados.